Imprensa Rio Claro SP Mais de 7.000 visitas em mutirões contra a dengue | Imprensa da Prefeitura de Rio Claro – SP

Últimas Notícias de Rio Claro
quarta-feira, 24 de abril de 2019.

Arquivo Mensal

Mais de 7.000 visitas em mutirões contra a dengue

Desde o início do ano foram removidas 6,8 toneladas de criadouros do mosquito Aedes aegypti

Desde o início deste ano, a prefeitura de Rio Claro, por meio da Fundação Municipal de Saúde, já realizou cinco mutirões de combate ao mosquito Aedes aegypti. As ações envolveram o trabalho de agentes de combate às endemias, do Centro de Controle de Zoonoses na orientação e eliminação de criadouros do Aedes, e equipe da Secretaria do Meio Ambiente com o caminhão Cata Bagulho, no recolhimento dos criadouros e lixo descartado de forma irregular em terrenos.
As ações resultaram neste ano num total de 7.114 imóveis vistoriados pelos agentes e 6.780 quilos de entulhos, pneus velhos, restos de construção, móveis e outros itens que servem de criadouros ao mosquito. Os dados foram apresentados na manhã desta quinta-feira (07) durante reunião da Sala de Situação de Arboviroses, que envolve várias secretarias municipais.
Os dados apresentados referem-se aos mutirões realizados nos dias 19 e 26 de janeiro e nos dias 2, 9 e 23 de fevereiro em onze bairros: Bonsucesso, Novo Wenzel, Bom Retiro, Jardim Progresso I, Jardim Progresso II, Ipanema, Parque São Jorge, Jardim São João, Jardim Azul, São Miguel e Oreste Giovanni.
O investimento no combate ao Aedes se reflete no número considerado baixo de casos de dengue registrados no município desde o final do ano passado, apenas oito. Na gestão do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, a Fundação Municipal de Saúde contratou mais 30 agentes de endemias, passando de 19 para 49 profissionais, a partir de concurso público.
Os alertas das autoridades de saúde são constantes para que a população faça o descarte correto de materiais. O município conta com ecopontos, serviço de cata bagulho, coleta seletiva e coleta de lixo domiciliar. Mais informações sobre o trabalho dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses podem ser obtidas pelo telefone 3523-8663, inclusive aos sábados das 8 às 13 horas.